Caridade versus Filantropia: você sabe a diferença?

Você sabe a diferença entre caridade e filantropia?

Caridade, por definição, é ato pelo qual se beneficia o próximo, utilizado para falar de auxílio aos mais necessidades, aos mais pobres. O sentido de caridade nasce com as instituições de misericórdia que atuavam na assistência médico-hospitalar. Está associado a ações assistenciais que buscar melhorar, mesmo que de forma paliativa, as condições adversas dos que necessitam de refeições, roupas, abrigo, cuidados.

Já filantropia, por definição, significa “profundo amor à humanidade”, estando relacionado à generosidade com o próximo. O sentido de filantropia nasce da necessidade de enfrentar problemas sociais e ambientais, buscando transformar, propondo ações contínuas para provocar mudanças.

Ambas são representações de generosidade e ações solidárias. No entanto, falamos em filantropia com foco em transformação social, mobilização contínua e recorrente de doações para um desenvolvimento sustentável, do ponto de vista social, econômico e ambiental.

Ações filantrópicas podem ser adotadas por pessoas, empresas, fundações. Praticar filantropia é adotar iniciativas como uma doação significativa ou pequenos gestos e doações recorrentes com foco em gerar mudanças.

Existem muitas maneiras de participar. Arredondar é uma delas. Nossa missão é fazer com que o arredondamento de centavos do troco seja um hábito recorrente e percebido como uma forma de provocar transformação social. Geramos impacto social e ambiental, coletivamente, transformando centavos de troco em investimento social.

#solidariedade #doação #doar#arredondar #filantropia #caridade#investimentosocial

Por Sulamita Santana / Créditos da arte: Flavia Salama @petiteflaneur
Publicado em 17 de Julho de 2020

Acesso rápido